A Recta do Sono

Olho para frente e um manto de asfalto se estende perante os meus olhos. Tres faixas separadas por traços que tengo contar vezes sem conta.
No horizonte o verde de uma das manchas verdes mais extensas da Europa, atravessada pelo manto cinzento do asfalto, eixo principal de comunicação da Península Ibérica com o norte da Europa.
Esta recta, tão temida e conhecida por quem por lá passa, conta com decénios de evolução e numerosas intervenções para garantir a segurança dos usuários. Primeiro duas faixas em cada sentido, depois cuzamentos desnivelados e agora uma terceira faixa em cada sentido e a chegada das portagens.
Tudo para garantir a segurança e a qualidade do serviço prestado.
Sabem porque chamamos a “recta do sono”!?
Porque durante mais de 150km poucas curvas existem, porque os traços exercem aquele efeito hipnótico que lentamente nos adormece os sentidos até que o cansaço nos vence.
Com tantas intervenções feitas, nenhuma delas foi com o objectivo de educar os condutores a preservarem a sua concentração e medir os seus indices de cansaço.

image

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s